sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Direitos Humanos

(No âmbito das atividades da Declaração Universal dos Direitos Humanos, foi proposto um concurso de escrita de texto de opinião.)


    Marco Gameiro, 10º ano
Na minha opinião todo o indivíduo deve ter os mesmos direitos e deveres.
Independentemente da variedade dos traços sociais de um cidadão (raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política), este tem de ser tratado como qualquer outro membro da sociedade. Assim, de acordo com os artigos 1, 2 e 4 todo o indivíduo é livre, respeitado e tem a mesma dignidade e direitos. Apesar do facto de estes artigos constarem na Declaração Universal dos Direitos Humanos, deparamo-nos hoje com um novo paradigma completamente diferente. Eu, deste modo fico totalmente indignado quando oiço dizer que, diariamente a polícia marítima salva milhares de refugiados, a sua maioria sírios, que não possuem quaisquer documentos. Então, de acordo com primeiro parâmetro do artigo nº 14, toda a pessoa sujeita a perseguição tem o direito de procurar e de beneficiar de asilo em outros países.

Concluo assim que um cidadão não tem o direito de subestimar e desrespeitar outro com base nos seus traços sociais.




Sem comentários:

Enviar um comentário